O que aconteceu com Jan Michael Vincent?

Existem alguns atores de Hollywood que encontram os holofotes e depois desaparecem porque são estereotipados ou porque não têm versatilidade para aproveitar ao máximo suas oportunidades de atuação. Jan Michael Vincent não se encaixava em nenhum desses grupos, deixando muitos de seus fãs estupefatos sobre o que aconteceu com a estrela em ascensão da série de televisão Airwolf e filmes como Baby Blue Marine.

A resposta simples, mas infeliz, é que Vincent basicamente se autodestruiu em um período muito curto de uma série de comportamentos autodestrutivos, incluindo o vício em drogas e álcool. Houve outro atores como Charlie Sheen que já tiveram seus desentendimentos com o vício e a lei, mas ainda assim conseguem se manter relevantes e no radar de produtores e diretores. Vincent rapidamente se tornou irrelevante para os principais jogadores de Hollywood e sua queda acelerou rapidamente.

Depois de ser emparelhado com grandes estrelas de cinema, como Charles Bronson e John Wayne no início de sua carreira de ator, ele mudaria para a televisão em 1983, concordando com um contrato para a série de TV Airwolf, que lhe pagaria US $ 200 mil por episódio. Airwolf duraria 3 anos. A fama e a fortuna começariam a afetar sua vida pessoal, o primeiro dos sinais de alerta sendo preso por cultivar maconha em sua casa aos 34 anos. Ficaria evidente que não era o cultivo que era o problema, mas o uso. Ele seria preso por DUI perto de sua casa em Malibu, Califórnia, que revelou o uso não apenas de maconha, mas incluía álcool e depois acelerado para cocaína.

Para agravar o problema, Vincent deixou seu vício passar para sua vida profissional, aparecendo no set para sua série de TV bem paga alto ou bêbado. Os produtores e diretores toleraram seu comportamento com base no sucesso do programa de TV, mas uma vez que acabou, o mesmo aconteceu com a carreira de ator e a vida de Vincent. Ao longo dos anos, seus vícios não só prejudicaram sua saúde, mas resultaram em pelo menos um caso conhecido de morte em um acidente de carro que o deixou com o pescoço quebrado e cordas vocais danificadas. Se havia alguma esperança de voltar a atuar, foi apagada após um acidente de 1993.

Suas complicações médicas continuariam, mais tarde contraindo uma infecção sanguínea na perna direita que resultou em sua amputação. Os efeitos do uso de álcool e drogas também afetariam sua beleza de menino de ouro, com um rosto que envelheceu muito além de sua idade. Os efeitos negativos afetariam sua vida romântica também, depois que ele foi preso por agredir suas finanças, que impôs uma ordem de restrição contra ele. Ele teve outros desentendimentos com a lei e finalmente se acertou com sua atual esposa, que atualmente cuida dele.

Vincent admite que tem sorte de estar vivo, mas sua vida poderia ter sido muito mais. Ele era um ator muito talentoso e também um surfista ávido, uma vez retornando ao que ele chama de um segundo e emocionante lar na Austrália. Ele se lembra de seus dias mais jovens e bem-sucedidos como estrela e surfista na terra, mas atualmente diz que está “se escondendo” em sua casa no Mississippi. Não há muitas pessoas que se lembram com carinho da ex-estrela, principalmente porque vêem uma vida talentosa que apertou o botão de autodestruição. Aos 73 anos, ele agora se senta tranquilamente em casa e faz o possível para administrar sua vida com um andador e uma cadeira de rodas com o apoio dedicado de sua esposa.

* Lamentavelmente, Jan Michael faleceu em 8 de março de 2019 aos 73 anos.