Os cinco melhores pais de sitcom de TV dos anos 80

Alguém pode querer dizer que pais de comédia nos anos 80 eram saudáveis e inteiramente PC, mas houve muitos momentos em que eles saíram desse molde, já que os anos 90 estavam a caminho e as coisas estavam mudando muito. À medida que as mães de sitcom mudavam, o mesmo acontecia com os pais, já que as coisas estavam muito diferentes do que eram nas décadas anteriores e vários assuntos não eram mais estritamente tabu, já que estavam sendo permitidos na TV e as pessoas queriam cada vez mais deles . Os pais da TV ainda eram mais ou menos o mocinho que estava cuidando de sua família, mas em algum momento, alguns deles tornaram-se rudes e desordenados e fariam saber que não eram os caras legais e fofinhos que haviam sido tão comuns em um ponto. É preciso lembrar que nos anos 60 e 70 as coisas estavam mudando um pouco também, e se alguma coisa, os pais de comédia nesta década estavam passando por outra transição depois de tentar trazer de volta os valores familiares com uma nova era para eles. Em outras palavras, a unidade familiar não era mais a turma de Leave It to Beaver, eles eram os Conners, os Huxtables, os Seavers e assim por diante. Eram famílias que ainda seguiam o modelo nuclear, mas não eram tão bem-acabados como antes. E é por isso que adoramos.

Aqui estão alguns dos melhores pais de comédia dos anos 80.

5. Cliff Huxtable

As pessoas podem querer reclamar e resmungar sobre esta entrada e eu estou bem aí com você, mas o fato é que antes de Bill Cosby ser demonizado de uma forma tão grande, ele era considerado um dos pais de sitcom mais perfeitos que já teve venha comigo. Ele era engraçado, era atencioso e o tipo de cara que poderia sentar e conversar com você ou explicar algo de uma maneira que faria uma pessoa rolar no chão de tanto rir. Antes dos problemas em que se encontrou nos últimos anos, Cosby foi um dos melhores atores da TV que as pessoas admiravam e idolatravam em grande estilo.

4. Phillip Drummond

É justo afirmar que muitas pessoas notaram Willis e Arnold muito mais do que o Sr. Drummond na maior parte do tempo, mas ele faz essa lista porque era um indivíduo interessante que acolheu dois meninos que não eram dele e um muitas pessoas poderiam ter dito não. O Sr. Drummond não era perfeito, de forma alguma, mas ele era um homem gentil que trouxe dois meninos para sua casa, onde ficou com sua filha e deu-lhes um lugar seguro e protegido onde eles não gostariam. nada. Ele deu a sua parte ensinando várias lições e compartilhando a hilaridade, mas por outro lado, o Sr. Drummon era uma espécie de presença coadjuvante necessária de vez em quando, mas não o tempo todo.

3. Steven Keaton

Como alguém lidaria com uma criança como Alex Keaton? De sua parte, seus pais fizeram o possível para acompanhá-lo, já que sua mentalidade era tão focada e não permitia que muito de nada ultrapassasse seus planos para o futuro que conversar com ele às vezes era quase impossível. A menos que tivesse algo a ver com algo que ele queria, Alex não parecia se importar. Mas Michael Keaton era o tipo de pai muito tranquilo e não se estressava muito, a menos que seus filhos fizessem um grande alarido sobre isso e tornassem a coisa maior do que o necessário. Ver onde Michael Gross está agora em comparação com onde ele estava neste show é incrível.

2. Dan Conner

Dan Conner é um pai legal, não importa como as pessoas queiram olhar para ele, já que ele não era muito rígido, mas ele sabia quando chamar seus filhos pelo comportamento deles e ele fez o melhor que pôde com o que tinha. Ele também era o tipo de cara que sabia como se divertir e apenas se soltava de vez em quando e não levava muito a sério. Suas rixas com Roseanne e Jackie eram lendárias, uma vez que ele nem sempre saía por cima, mas ele conseguia acertar as pontas de vez em quando, quando se tratava de se vingar. E a paternidade que ele fez foi ótima, já que seus filhos não recebiam muito dele e, quando o fizeram, se arrependeram.

1. Jason Seaver

Jason Seaver era o tipo de pai com quem você poderia conversar se tivesse um problema, mas também o tipo de pai que você realmente não queria decepcionar, já que seria pior do que gritar com ele. É engraçado que quando ele apareceu em Married ... with Children, ele era um idiota egoísta, mas quando ele estava neste programa, ele era um dos pais de sitcom mais atenciosos de todos os tempos. Isso mostra como o ator Alan Thicke foi ótimo.

Os pais de sitcom nos anos 80 eram muito divertidos.