Crítica do episódio 10 da primeira temporada de Heroes Reborn: “11:53 to Odessa”

Como você deve ter notado, não sou o revisor habitual de Heroes Renascidos .Preencher a lista de revisores regulares é divertido para mim e, espero, divertido para os leitores, pois apresenta o programa de uma perspectiva nova e feliz. Eu estava familiarizado com o originalHeróissérie, mas não assisti muito. Então, comecei a assistirRenascidosem uma tonelada de informações básicas. Eu preenchi algumas das lacunas e, até agora, descobri que é uma história muito atraente.

Esta semana emHeróis renascidos:Erica convence Tommy a olhar para o futuro, a fim de realocar a humanidade para um período pós-apocalipse. Noah e Malina viajam para encontrar Tommy, recusando a ajuda de Luke. Farah e Carlos se reencontram e unem forças com Taylor para localizar o líder de “Hero Truther”. Miko é encarregada de encontrar Tommy.

Como eu disse não tenhoHeróispassado, então definitivamente não sou um fanboy que vive para ver o antigoHeróispersonagens enfeitam minha tela. Acho que assistir algo assim sem observar seu antecessor permite um ponto de vista objetivo. Inerentemente,Renascidoé uma televisão que pode ser assistida e atraente. Ele tem muitas falhas, mas personagens fortes e um enredo bastante convincente de “lutar contra o apocalipse” o tornam uma das ofertas de TV mais interessantes e únicas.

Acho Noah de Jack Coleman um personagem principal bastante atraente. Pelo que eu li sobre o show original, seu personagem une os mundos muito bem. Este episódio era menos sobre ele e isso é totalmente bom, à medida que os fios que ele estava segurando lentamente começaram a se fundir. Muitos dos atores neste show são muito bons, o que ajuda quando os fios da história são abundantes.

Robbie Kay (Tommy), Danika Yarosh (Malina) e Kiki Sukezane (Miko) são um trio forte de jovens atores. “11:53 to Odessa” foi uma vitrine particularmente forte para eles. Se oHeróisa franquia continuasse, eles estariam em boas mãos com esses jovens atores. Acho que ainda há muita história que poderia ser contada, e eu definitivamente poderia ser convencido a assistir se esses três estivessem por perto. Também agradeço muito o talento de Eve Harlow (Taylor), deOs 100paraHeróis.Harlow teve momentos brilhantes antes desta semana, mas ela foi outro destaque no episódio desta semana.

Não estou particularmente satisfeito queHeroes Renascidosestá desperdiçando um talento como Zachary Levi. Acho que Luke é bastante atraente, mas até agora ele tem sido muito discreto (jornada de redenção ... mecanicamente) e fico esperando que Sarah e Casey apareçam para tirá-lo de uma enrascada (ESSE é o show que eles deveriam estar revivendo) . Com toda a seriedade, sua breve jornada com Malina foi o melhor trabalho que ele fez, então tenho esperança de que haja mais por vir. Ele tem muito talento e parece um pouco subutilizado pelo show até este ponto.

eu acho queHeroes Renascidostem um monte de coisas boas acontecendo. Pode ser arrastado para baixo por alguns de seus enredos ainda não totalmente vinculados (evidente em “11:53 para Odessa), mas as apostas parecem aumentar a cada semana, o que é uma boa notícia. É bem atuado e serve como uma sobremesa maravilhosa paraHeróisfãs e novatos (como eu). Não tenho certeza se isso deixou um susto suficiente para um final de outono, mas pelo menos não temos que esperar muito para que ele volte!

Gostaria de agradecer a Andy por me marcar nesta semana e gostei muito de expressar minhas ideias sobre este programa. Aguarde o retorno de Andy quando o show retornar em janeiro!

O que vocês acharam? Você gostou do final do outono? Nos informe!

[Crédito da foto: Steve Wilkie / NBC]