Crítica do episódio 4 da 20ª temporada de Dancing With the Stars: “O ano mais memorável”

A noite passada foi o episódio do “Ano Mais Memorável” de Dançando com as estrelas mas me pareceu ser apenas mais um tipo de episódio temático do que inesquecível. Sim, sempre vou olhar para trás e pensar que a despedida final de Suzanne para John Ritter foi muito boa e que a dança de Chris foi simples e simplista, como disse Julianne, o que foi uma coisa boa. Mesmo assim, sinto que essas coisas podem acontecer em qualquer semana. Você pode ter algumas ótimas danças e algumas que precisam ser trabalhadas. Eu estava realmente ansioso por esta semana para algumas danças 'memoráveis', se você me perdoa o trocadilho, mas eu sinto que não deu certo.

Por todos os anos escolhidos para as danças, elas foram extremamente memoráveis para a estrela por algum motivo. Por exemplo, Nastia escolheu o ano em que ganhou a medalha de ouro nas Olimpíadas. Ela se orgulhava daquele momento, daquele ano, e isso transparecia no placar. No entanto, foram os competidores que falaram de algum acontecimento traumático em suas vidas que os ajudou a seguir em frente e que eu acho que prendeu mais com o público, ou pelo menos para mim. Os telespectadores entenderam quando Robert disse que seu ano foi o ano em que ele perdeu sua mãe (que também, coincidentemente, amouDançando com as estrelas), ou a escolha de Noé do ano em que perdeu seus membros. Por outro lado, ele ficou inconsciente por seis dias, depois do que passou apenas para se tornar o homem que dança em nossas telas de televisão todas as segundas-feiras à noite? Foi a história dele que me deu vontade de chorar. Com esses tipos de histórias, você não quer que os juízes lhes dêem pontos porque se sentem mal, mas você sim!

Além disso, sei que muitas pessoas fizeram danças sobre anos que foram ótimas para elas, como Suzanne fez no ano em que foi escaladaThree’s Company. Eu gostava da dança dela, porque não só acontecia noThree’s Companydefinido para oThree’s Companymúsica tema, mas foi sua despedida final para seu amigo John Ritter. Também tinha uma piada do show original. Isso foi muito bom.

Eventualmente, foi revelado que Michael e Peeta eram o casal enviado para casa. Eu acho que o casal certo foi para casa? Não. O carasomenteperdeu seu sorriso falso! Já tenho uma espécie de programação em mente para qual casal deve ser mandado para casa em que semana, até cerca das três últimas. Mesmo nas primeiras semanas, está claro para quem são os melhores dançarinos e os casais mais merecedores. Agora só temos que esperar e ver como tudo se desenrola.

As pontuações da noite:

  1. Willow e Mark- 39
  2. Derek e Nastia- 36
  3. Rumer e Val- 35
  4. Riker e Allison- 34
  5. Robert e Kym- 34
  6. Noah e Sharna- 32
  7. Michael e Peeta- 30
  8. Patti e Artem- 30
  9. Suzanne e Tony- 28
  10. Chris e Witney- 27

Você ficou chateado porque Michael e Peeta foram os que foram para casa ontem à noite? Quem você teria escolhido?

[Foto via ABC]