10 coisas que você não sabia sobre Lauren Lake

Lauren Lake é alguém que assumiu uma ampla gama de funções ao longo de sua carreira. Por exemplo, há quem a reconhecerá por causa de seu papel no espetáculo judicial não tradicional Tribunal de Paternidade. No entanto, Lake tem sido tudo, de um autor a um incorporador imobiliário também. Aqui estão 10 coisas que você pode ou não saber sobre o Lago Lauren:

1. Nasceu em Detroit, MI

Lake nasceu em Detroit, MI no final dos anos 1960. Aqueles não eram bons tempos para a cidade, visto que era o local do mais mortal dos 159 tumultos raciais que aconteceram nos Estados Unidos no verão de 1967. No total, houve 43 pessoas mortas e 1.189 feridas em de alguma forma, enquanto centenas e centenas de edifícios sofreram danos suficientes para que o único curso de ação fosse a demolição. O incidente teve um impacto terrível na economia de Detroit, até porque acelerou o êxodo dos brancos que já vinha acontecendo há algum tempo.

2. Nascido de pais que colocam ênfase na educação

É importante notar que Lake nasceu de pais que colocaram uma grande ênfase na educação. Isso não é surpreendente porque seus pais tinham Ph.D.s, apesar das condições sociais de sua época, o que significa que eles tiveram que lutar contra vários obstáculos para garantir esse tipo de educação. Algo que presumivelmente teve um grande impacto no valor que eles atribuíram a ele.

3. Tem permissão para saciar seus interesses artísticos

Quando Lake ainda era uma criança, ela se interessava muito pelas artes. Seus pais não tinham problemas com ela ceder aos seus interesses artísticos, desde que ela não deixasse que isso afetasse seu desempenho acadêmico, e é por isso que ela estava envolvida com atuação, canto e dança. Como adulta, Lake é conhecida por fazer uso de seus interesses artísticos de vez em quando, como mostrado por como ela é uma designer de interiores, além de suas outras atividades.

4. Tem uma certificação de professor do ensino médio

Eventualmente, Lake foi para a Universidade de Michigan, onde estudou inglês. Depois de obter seu bacharelado em artes, ela também obteve uma certificação de professora secundária.

5. Tem um JD

Mais tarde, Lake foi para a Wayne State University, uma das maiores escolas públicas do estado de Michigan. Lá, ela foi para a Wayne State University Law School, que já foi chamada de Detroit City Law School, mas recebeu um novo nome quando as faculdades da cidade de Detroit como um todo foram renomeadas para Wayne State University. Da referida instituição, Lake ganhou um JD em 1993, seguido por sua admissão na Ordem dos Advogados do Estado de Michigan em junho de 1995. Em 2002, ela também havia sido admitida na Ordem dos Advogados do Estado de Nova York e na Ordem dos Advogados do Estado de Nova Jersey.

6. Decidiu se estabelecer nas indústrias de entretenimento no final da década de 1990

No final da década de 1990, Lake decidiu se estabelecer na indústria do entretenimento. Isso pode ser visto na forma como ela se mudou para a cidade de Nova York em 1999, embora seja claro que ela não desistiu de sua profissão anterior como advogada, como mostra a declaração acima mencionada de que ela foi admitida tanto na Ordem dos Advogados do Estado de New York e o State Bar de New Jersey em 2002. Inicialmente, Lake parece ter feito um esforço para se tornar um cantor. No entanto, embora ela tenha conseguido vários empregos atuando como cantora de fundo para uma série de cantores conhecidos, como Mary J. Blige e Jay-Z, ela não parece ter conseguido muito sucesso neste aspecto além disso.

7. Encontrou mais sucesso na TV

Com isso dito, Lake parece ter conseguido muito mais sucesso na TV, como mostrado por uma série de aparições em vários programas . Por exemplo, ela foi uma das mulheres cobertas por To Live and Date em Nova York, que acabou sendo transmitido pela We TV como Single in the City. Da mesma forma, Lake apareceu como um coach de vida no The Greg Behrendt Show, tanto um especialista jurídico quanto um coach de vida no The Ricki Lake Show, e um especialista jurídico no Dr. Phil. Como tal, o perfil de Lake tornou-se cada vez mais elevado, o que, por sua vez, significava que seus papéis se tornaram cada vez mais importantes.

8. Interessado em decoração de interiores

Um exemplo do sucesso de Lake quando se trata de TV é seu envolvimento com vários programas de decoração de interiores, o que é em grande parte o resultado de um interesse pessoal no tópico de sua parte. Ela afirmou que não teve nenhum treinamento formal neste tópico em particular, mas também afirmou que vê isso como uma força porque significa que ela não tem barreiras que a impeçam de buscar o que considera mais importante. Em suma, Lake acredita que os espaços devem refletir a personalidade das pessoas que os ocupam, o que é um ponto focal de seus esforços de decoração de interiores.

9. É juiz de TV no Tribunal de Paternidade de Lauren Lake

Além de suas outras atividades, Lake é juíza de TV no Tribunal de Paternidade de Lauren Lake. O show foi inspirado por algumas coisas. Um seria shows no tribunal, enquanto o outro seria a popularidade dos episódios focados na paternidade em Maury. Com isso dito, as pessoas por trás do Tribunal de Paternidade não gostam muito dessa última comparação, visto como eles argumentaram que seu programa fornece uma base sobre a qual construir um relacionamento mais sólido, em vez de extrair coisas para maximizar drama.

10. Apresentador de um espetáculo judicial pouco ortodoxo

Independentemente disso, o Show de Paternidade de Lauren Lake é um excelente exemplo de um show de tribunal não tradicional. Certamente, ele mantém o formato de ensaio tradicional que serve de base para todo o gênero. No entanto, ele incorpora outros elementos, como Lake falar com os litigantes antes e depois dos resultados, com o resultado que também pode se assemelhar a um talk show. No geral, o Tribunal de Paternidade cobre seus casos com mais detalhes do que a maioria de seus homólogos, como mostrado pela forma como cada episódio se concentra em apenas um caso, em vez dos dois casos padrão.